2 de fev de 2010

EXCLAMA E INTERROGA: Janeiro de 2010

Caros amigos,

vamos ao EXCLAMA E INTERROGA de janeiro, sendo que este último vai provocar um sensação de déjà vu nos leitores do blog.


EXCLAMA

DIEGO, HEXA ESTADUAL: O MI Diego di Berardino conquistou o Estadual Absoluto de 2009, seu sexto título nesta competição, uma marca incrível. Com isso Diego conquistou a tríplice coroa, já que foi campeão do Carioca e do Mestres de 2009!!



INTERROGA

ARBITRAGEM DO ESTADUAL: Está ficando repetitivo: os mesmos problemas, os mesmos atrasos. Agora com um agravante: um abaixo assinado dos jogadores pedindo punição para arbitragem e até a direção da prova expulsando o árbitro. Ahn??

6 comentários:

Marcelo disse...

Acho que o interroga nem merece comentario, vc precisa ser mais original. Particularmente nao tenho um que se refira ao Rio.
Mas o exclama tem dono. O Diego ate mostrou pq era o "hors-concours" da prova (nao no sentido como ja houve de ser o campeao e nao levar, mas no de supremacia) ao registrar o 100%.Mas algo nao surpreendente para um top10 do pais. O destaque é para o grupo petropolitano,particularmente o Campeao Cadete Matheus,4 lugar, com vitoria inclusive sobre o seu conterraneo JJ,e completando seu rating FIDE. Mencao para a Grasi,independente da colocacao,a 1 representante feminina (e do interior!!) a se classificar (nao pelo feminino) e participar do Estadual (sim,Migueis,acabemos de ver que é possivel,basta querer,se esforçar.Que as outras sigam seu exemplo de vontade!) e para o Agostinho,que confirmou a forma do Interior,com uma boa performance.

Migueis disse...

Seria interessante, visto que a FEXERJ clama por árbitros, que se nomeassem como "árbitros auxiliares" todos os jogadores classe A, que são experientes e que muitos sabem tanto quanto um árbitro. Por que não ?
Migueis.

Migueis disse...

Eu, hein, nem sei porque fui citado! A citação deveria ser para aqueles que votaram contra a minha idéia.

Marcelo disse...

Migueis
1 - Nao te citei pela ideia e sim pra que vejamos todos que as meninas podem chegar lá por esforço,dedicacao. Que a Grasi sirva de exemplo pras demais.
2 - Depende do que vc chama "auxiliar". Nosso auxiliar aqui é diferente da CBX,mais exigido. Alem disto,nem todos os As (e vimos isto em INTS - torneios de norma) tem conhecimento pleno das regras. Precisamos sim, é tentar formar mais arbitros.

Migueis disse...

concordo com "precisamos formar mais árbitros", mas, muitos não querem. No entanto, auxiliar, como o próprio nome diz, seria o acompanhante do árbitro principal, um AM, AE, AN ou AF [como você é]. Disso, nós árbitros costumamos lançar mão, quando necessário, amparados pelo regulamento, Ora, por que não tornar isso oficial ? Seria um passo para que os mesmos enveredassem pelo caminho do "curso de árbitros".
Não custa nada tentar.
Migueis.

Marcelo disse...

Migueis,temos em alguns eventos,por ex os regionais,varios arbitros deasta categoria "auxiliar" (mesmo ate nao sendo As) e vc mesmo se opos. Em eventos onde nao precisam 2 arbitros e onde e dificil arrumarmos um do quadro (geralmente sao locais). Em outros,temos AAe (e por isto disse que nossa classificacao é distinta) como Agostinho,Pietro ou Marco que já provaram plena capacidade de arbitrar. E poso dizer que quase todos os formados tiveam a oportunidade de atuar como meu auxiliar, onde procuro passar um pouco de experiencia.Eu concordo com a sua ideia de reavaliarmos os tipos de categoria.
PS: Ainda temos um AI no quadro!